Buscar

Xmax 250 - Review detalhado

O mercado de scooters vem crescendo ano após ano no Brasil, e isso se dá ao fato de que elas são a opção preferida para quem quer uma moto fácil de pilotar, econômica e principalmente para quem quer praticidade. Mas isso não quer dizer que as scooters não podem ter um toque de sofisticação, design arrojado e tecnologia. Foi pensando nisso que a Yamaha trouxe para o brasil a Xmax 250. Ela entra na categoria de scooters sport premium de baixa para média cilindrada e que antes contava apenas com a Citycom da Dafra como opção no mercado.


À primeira vista o que mais chama a atenção na Xmax é o design. Também não é para menos, o design da Yamaha ganhou dois dos maiores prêmios de design do mundo, o Red Dot Awards e o IF Design Award. Linhas bem anguladas e com desenho arrojado e futurísta, a Xmax tem detalhes influenciados pelo conceito MAX da Yamaha que conta também com o Tmax, o maxi-scooter da Yamaha da 530cc e que originou também a Nmax 160cc.

Subindo na Xmax é possível perceber que o requinte dos materiais escolhidos não para somente no design. O banco é largo e com espuma macia, e conta com dois níveis de altura para piloto e passageiro, além de acabamento com costura dupla e logo de metal na parte traseira. Para o apoio dos pés o conceito que já tínhamos visto na Nmax permanece, sendo possível ficar em uma posição mais relaxada com os pés mais a frente, ou com as pernas a 90°. E pensando um pouco mais além em questão de conforto, a posição do guidão pode ser regulável em 20mm para frente ou para trás e o parabrisa pode ser ajustado 50mm mais alto. Para pilotos mais altos esse nível de customização será muito bem-vindo e é a única na categoria que possibilita ao piloto essas opções.


O compartimento abaixo do banco é generoso, pois cabem dois capacetes fechados e mais um espaço no meio, tudo isso iluminado por LED, além de ter sistema que segura o banco para cima. Não precisamos mais ficar segurando o banco com risco de ele cair em nossas cabeças... Para aquelas comprinhas no supermercado do dia a dia ou para carregar os equipamentos de chuva, como bota e capa, o espaço dá e sobra! E como todo mundo que possui scooter gosta muito da praticidade dessas motos, a Yamaha equipou o Xmax com dois compartimentos frontais, sendo um deles com tomada 12v e acionado pela trava e que é trancado automaticamente com o distanciamento da chave de presença.


Ao acionar a moto, o painel multifuncional possui velocímetro e conta-giros analógicos de fácil leitura, e um painel digital de LCD entre eles e que mostram diversas funções como: hodômetro, marcador de combustível, autonomia, consumo instantâneo, temperatura do motor, velocidade média, relógio, etc

Ao girar o acelerador percebemos que o motor de 4 válvulas e que rende 22,8cv (7.000 RPM) e torque máximo de 2,5kgfm (5.500 RPM) tem funcionamento sem vibrações, liso e muito silencioso. No uso urbano ou rodoviário só sentimos as vibrações causadas pela péssima pavimentação de nossas ruas mesmo. Isso se dá pela construção do motor que utiliza materiais nobres como Alumínio e Silício no cilindro e pistões forjados de alumínio (outra característica geralmente encontrada em motos de maior cc). Além do ganho de performance no motor, outras vantagens são: Menor emissão de poluentes, maior vida útil do motor e como já falado, menor emissão de ruídos. A mobilidade dos scooters, principalmente nos centros urbanos, é um dos fatores mais apreciados para quem busca essas motos. E na Xmax essa mobilidade é traduzida em facilidade de condução, estabilidade e agilidade. Uma das características de essa scooter ser tão gostosa de pilotar, é que ela é calçada com rodas de 15" na dianteira e 14" na traseira, com suspensões de 33mm de diâmetro na dianteira e 110mm de curso. As suspensões garantem o conforto e absorção de impactos e também transmitem segurança ao contornar curvas. E para quem gosta de um ajuste a mais, as suspensões traseiras podem ser reguladas em 5 níveis de pré-carga com o auxílio de uma ferramenta.

E para o pacote de segurança, a Yamaha não poupou esforços e equipou a Xmax com um disco ventilado de 267mm na dianteira e pinça de dois pistões e um disco de 245mm na traseira com pistão único. Além disso o scooter possui ABS nas duas rodas e para completar, controle de tração! Isso mesmo! O controle de tração que normalmente vemos somente em motos esportivas e de alta cilindrada, equipa o scooter de 250cc e garante a segurança do piloto principalmente em dias de chuva e pisos escorregadios. O sistema age impedindo que a roda traseira perca tração e é a única da categoria com essa tecnologia. Além de tudo isso a Xmax tem todo o conjunto óptico de farois, lanternas e piscas em LED. Sistema de desligamento automático com o pézinho de descanso, pisca alerta, e também conta com 4 anos de garantia da Yamaha e revisões com preço fixo!


Para quem quer comprar sua primeira moto e busca segurança e praticidade, ou para aquele piloto que já tem uma scooter de entrada e busca um pouco mais de potência, que quer usar a scooter para uma viagem rápida, ou que pega um trecho de estrada no caminho para casa. Para aquela pessoa que busca um pouco mais de requinte e tecnologia para uso no dia a dia, a Xmax é um prato cheio e é de brilhar os olhos!

Ela está disponível em três opções de cores: - Azul Fosco - Vermelho Fosco - Preto com rodas douradas


Texto por Thiago "Sushi" Okuda (#TO11)

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo